Informação sobre erisipela, causas, sintomas, diagnóstico e tratamento da erisipela, assim como formas de melhorar os sintomas desta doença.


Dermite de contacto associado a erisipela

Surgindo geralmente como complicação da aplicação de medicamentos tópicos (anti-sépticos ou antimicrobianos) no contexto do tratamento de feridas traumáticas ou úlceras crónicas, caracteriza-se, na fase aguda, pela presença de prurido intenso e lesões cutâneas eritemato-vesico-exsudativas de limites imprecisos. Muitas vezes a erisipela e a Dermite de contacto coexistem, sendo necessário uma anamnese e um exame clínico cuidadosos para o diagnóstico correcto.
As demais entidades incluídas no diagnóstico diferencial de erisipela devem ser equacionados num quadro de resposta insatisfatória à terapêutica antibiótica inicial e, em alguns casos, quando na presença de contexto clínico específico.
ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL